sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Neoclericalismo

Don Davide Pagliarani

O clericalismo é um "mal" que, tem estereótipos mais comuns forjados pela Revolução, é sistematicamente atribuído à Igreja do passado, onde era quase uma nota natural. Mas desde o Concílio Vaticano II, sob o pretexto de pastoral pessoas da Igreja metem o nariz em tudo, até mesmo para se pronunciar sobre todas as questões para as quais não possuem nenhuma competência. Bem, isso é neoclericalismo. Primeira consequência: a necessário descredito da Igreja, arrastada para um terreno que não é o seu.
A Igreja não tem necessidade de sacerdotes ou bispos que falem de poluição ou de promoção humana, e que se intrometam em todos disparates e problemas dos noticiários.

Aqueles padres não servem a Igreja e não servem para Igreja. A Igreja precisa de sacerdotes que falam do Cristo crucificado - e somente Cristo crucificado - escândalo para os judeus e loucura para os gentios ...

Editorial da revista “Tradizione Católica” – FSSPX Itália

Nenhum comentário: