sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Duas hermenêuticas, dois São Franciscos

O testemunho do então Cardeal Ratzinger, sobre São Francisco :

"Foi somente, então, derrotado, prisioneiro, sofredor, que começou a pensar no cristianismo de modo novo. E somente depois desta experiência que lhe foi possível pensar e compreender a voz do Crucificado que lhe falou na pequena Igreja em ruínas de São Damião, que se tornou, por isso, a imagem mesma da Igreja da sua época, profundamente ferida e em decadência. Somente então viu como a  nudez de Cristo, a sua pobreza e a sua humilhação extrema estavam em contraste com o luxo e a violência que antes lhe pareciam normais. E somente então conheceu verdadeiramente a Cristo e entendeu que as cruzadas não eram o caminho correto para defender os cristãos e os direitos dos cristãos na Terra Santa, mas que, antes, era necessário levar a sério e à letra a mensagem da imitação do Crucificado". O esplendor da paz de Francisco http://fratresinunum.com/2011/01/31/o-que-bento-xvi-realmente-pensa-sobre-assis/

O testemunho ocular de Frei Iluminato, que esteve com São Francisco diante do sultão Malek Kamel e ouviu o santo dizer:

Os cristãos agem conforme a justiça quando invadem as vossas terras e vos combatem, porque vós blasfemais o nome de Cristo e vos esforçais para afastar de sua religião quanto mais homens puderdes afastar. Se, pelo contrário, vós quisésseis reconhecer, confessar e adorar o Criador e Redentor do mundo, eles vos amariam como a si mesmos”.

Além disso, quanto ao diálogo inter religioso, sabemos por São Boaventura, que São Francisco falando com o Sultão foi logo ao ponto mais delicado, sabendo que corria o risco do martírio:

Pregou ao Sultão o Deus uno e trino e o Salvador de todos, Jesus Cristo

E quando viu que ninguém lhe dava razão?

Vendo que não fazia progressos na conversão daquela gente e que não podia realizar o seu projeto, prevenido por uma revelação divina, ele retornou aos países cristãos” São Francisco pacífista, enésima mentira da TV - Sandro Magister http://www.montfort.org.br/index.php?secao=veritas&subsecao=igreja&artigo=francisco_pacifista&lang=bra

Nenhum comentário: